Os truques para criar um projeto de instalações elétricas bem-sucedido para a sua empresa ou residência

A segurança e a usabilidade devem ser fatores decisivos na hora de iniciar o projeto das instalações elétricas

 

Trabalhar com eletricidade exige uma dose extra de atenção e uma preocupação constante com a segurança. Qualquer erro no início do projeto pode ser prejudicial para as fases mais avançadas da obra, fazendo com que a sua equipe precise trabalhar mais horas para regularizar a situação. Ao receber um pedido para a criação de um projeto personalizado de instalações elétricas, é preciso ficar atento à alguns itens essenciais para assegurar o cumprimento das tarefas.

 

Identificando os pontos de iluminação

 

A primeira etapa para a execução de um projeto elétrico adequado é a criação de uma planta baixa com todas as especificações que deverão ser seguidas em cada ambiente da residência ou empresa em questão. Após analisar esse documento, o engenheiro elétrico vai conseguir fazer o levantamento de todos os pontos de iluminação, além de identificar os PTUG´s (pontos de tomada de uso geral). Siga corretamente as recomendações da NBR 5410/04 (norma para instalações elétricas de baixa tensão).

 

Artigo complementar: Aprenda a escolher soluções inteligentes de materiais elétricos e iluminação LED para o seu projeto elétrico

 

Tubulações e eletrodutos

 

Depois de fazer o levantamento dos pontos de iluminação das instalações elétricas, é interessante pensar na maneira como esses elementos vão se conectar dentro do projeto. Pense na quantidade exata de eletrodutos que serão utilizados para evitar o acúmulo de condutores passando pelo mesmo local. Isso vai ajudar a prevenir o superaquecimento da instalação, garantindo a segurança da equipe envolvida.

 

Pontos de atenção para o projeto de instalações elétricas

 

Uma vez que a equipe já teve acesso ao diagrama com os detalhes das instalações elétricas da obra, é hora de considerar alguns aspectos que podem ser a diferença entre um projeto bem-sucedido e um projeto cheio de falhas:

 

1 – Flexibilidade

 

Quando você for pensar na elaboração do projeto elétrico, é preciso levar em consideração que a estrutura pode aumentar com o passar do tempo. Suponhamos que o seu cliente vai precisar instalar mais um ar condicionado e dois novos computadores no escritório. Existe um espaço disponível para conectar todos esses aparelhos? Planejar com antecedência a questão da flexibilidade nas instalações elétricas acaba prevenindo diversos problemas no futuro!

 

2 – Confiabilidade

 

Mesmo utilizando materiais elétricos de qualidade, é preciso estar sempre preparado para um imprevisto quando o assunto são as instalações elétricas. Você tem todos os riscos envolvidos no projeto mapeados e devidamente classificados? Essa pode parecer uma etapa simples, porém é uma das mais importantes para prever o impacto de interrupções e acidentes.

 

3 – Continuidade

 

Agora que você identificou os riscos envolvidos, é imprescindível pensar em um plano de continuidade caso ocorra algum imprevisto no meio da sua obra. O projeto elétrico deve ser concebido de modo que as instalações elétricas tenham o mínimo de interrupções. Nesse caso, podem ser utilizadas redundâncias na alimentação para assegurar a operação normal das instalações elétricas.