banner dicas como economizar ao imprimir no escritório
Vamos Imprimir no Escritório com Mais Economia?

Dicas de como imprimir com mais economia nas empresas

De acordo com um relatório da Agência Internacional de Energia (http://www.iea.org/), praticamente sete por cento de toda a energia consumida pelo setor comercial é usada por equipamentos de escritório voltados para impressão, como as impressoras dos computadores, máquinas de fax e copiadoras – e esses equipamentos continuam a consumir energia mesmo quando estão ociosos, transformando-se também em grandes vampiros de energia (veja mais sobre os vampiros).

“Pense duas vezes antes de imprimir este email”, diz a assinatura eletrônica de algumas pessoas preocupadas com o impacto ambiental do uso excessivo de papel. Mas a celulose não é a única frente em que se pode combater os danos causados pela contemporaneidade à natureza. Fabricantes de equipamentos de impressão e copiadoras, de olho no filão de consumidores que buscam opções sustentáveis, têm lançado no marcado opções que além de reduzir o consumo de folhas gastam menos energia.

 

Modelos mais econômicos

Além de modelos mais econômicos, o tipo de tecnologia empregada para a impressão também influi e muito no consumo de energia. A impressão em jato de tinta, ou inkjet, utiliza pigmentos líquidos, que são jogados no papel como uma espécie de microspray – pingos menores do que a espessura de um fio de cabelo. Uma vez na superfície da folha, a tinta seca sozinha. Mas já no caso da impressão a laser, o toner é uma espécie de tinta em pó, seca, que é aquecida para se grudar ao papel a partir de eletrostática. O ponto de fusão do toner é muito alto, e para atingi-lo há, consequentemente, muito consumo de energia. Por isso tecnologias que envolvem novos materiais, ou adição de novas substâncias ao toner, para que haja diminuição no consumo de energia, estão entre as principais apostas das fabricantes para transformar seus equipamentos em aparelhos “verdes”.

 

Impressoras Verdes

O gasto de energia também é regulado pelas fabricantes de outras formas – e é um dos principais itens usados para incluir os aparelhos na categoria “verde” de cada marca. HP, Epson, Xerox, Samsung e Canon possuem equipamentos com selos Energy Star, conferido pela organização norte-americana homônima, e que funciona de forma semelhante ao Procel brasileiro, certificando o consumo de eletricidade dentro de determinados padrões de economia.

Impressoras comerciais normalmente usadas em escritórios consomem 10 a 50 watts em modo de espera e 500 a 700 watts durante a impressão.

 

Dicas para economizar energia com as impressoras

Reduza as suas contas de luz, seguindo algumas dicas para uma boa impressão, com economia de energia.

 

1. Ligar, usar e desligar!

Vamos Imprimir no Escritório com Mais Economia? 1. Ligar, usar e desligar!Um bom jeito de economizar energia com suas impressoras é através do chamado “uso consciente”, deixando-as desligadas pelo maior tempo possível. E de maneira nenhuma deixe as impressoras ligadas durante a noite. Para isso, defina um colaborador em seu escritório como responsável por desligar o equipamento no final do dia. E só voltar a ligá-los no dia seguinte quando o uso se fizer necessário pela primeira vez ao dia.
Existem casos em que a impressora tem um alto consumo de energia quando está em modo de espera e você pode querer pensar em deixar os equipamentos desligados até que eles sejam necessários. Nessa opção o ideal é planejar e organizar bem: somente ligue a impressora na tomada quando várias páginas estiverem acumuladas na fila de impressão, desligando a mesma quando a fila acabar.

 

2. Compre corretamente

Vamos Imprimir no Escritório com Mais Economia? - 2. Compre corretamenteCertifique-se de sempre adquirir dispositivos de impressão que tenham um modo de baixa energia para reduzir o consumo quando não estiver em uso. Procure pelos selos da Procel ou até mesmo pelo selo Energy Star, que é um programa voluntário de certificação destinado a identificar os produtos energeticamente mais eficientes e que assim economizam o dinheiro gasto em contas de luz. Foi criado pelo governo norte americano no início da década de 90 através de sua Agência de Proteção Ambiental (EPA), mas outros países, no entanto, como Austrália, Canadá, Japão, Nova Zelândia, Taiwan e a União Europeia também adotaram o programa.
Existem também, impressoras com uma tecnologia chamada “instant on” , onde esses dispositivos ficam em um modo de “stand by profundo” e nele consomem bem menos energia, mas caso você precise imprimir algo, ele levará apenas poucos segundos para sair desse modo “Instant On” e voltar ao último estado de funcionamento. Assim é mais provável que você economize energia com seu equipamento desse jeito, ao invés de lembrar e desligá-los quando não estiverem em uso.
Para reduzir o consumo ainda mais, pense em utilizar impressoras do sistema all-in-one. Chamadas ‘impressoras multifuncionais’, elas incorporam funções de impressora, scanner e copiadora em um único dispositivo, reduzindo a quantidade total de energia usada em comparação aos três equipamentos separados.

 

3. Imprima em “modo Rascunho”

Vamos Imprimir no Escritório com Mais Economia? - 3. Imprima em “modo Rascunho”Quando você imprime no modo de rascunho da impressora, ela reduz a qualidade de impressão para a menor possível, mas ainda tornando o documento legível. Isso reduz o tempo que ela leva para imprimir o arquivo, o que reduz a quantidade de energia que a impressora consome. Esse modo também irá ajudá-lo a fazer algumas economias sérias na quantidade final de tinta ou toner usado.
Habilitar esse modo para toda a correspondência interna e em documentos que a qualidade da apresentação não seja um grande problema.

4. Pense cuidadosamente sobre impressões coloridas

Vamos Imprimir no Escritório com Mais Economia? - 4. Pense cuidadosamente sobre impressões coloridasImprimir páginas coloridas pode custar várias vezes mais do que imprimir páginas monocromáticas, em escala de cinza.
Além de precisar de mais energia para aquecer nos modelos a laser A impressão colorida exige muito mais tempo para ficar pronta e assim consequentemente mais energia.

Será que você realmente precisa usar cor nas impressões em seu negócio? Será que o benefício estético, compensa o custo final?
Caso a resposta seja sim, use um software de gerenciamento de impressão que lhe permita controlar quais membros da equipe podem usar a cor, e em quais aplicações. Isso irá ajuda-lo a manter o controle sobre seus custos de energia e limitar o uso não autorizado das instalações e recursos da empresa.

 

5. Economize papel

Vamos Imprimir no Escritório com Mais Economia? - 5. Economize papelSe gasta cerca de dez vezes mais energia para produzir um pedaço de papel do que para imprimir nele, então corte o consumo de papel onde você puder.
Mas não é só uma questão ambiental! A impressão duplex (imprimir na frente e no verso), por exemplo, gasta menos energia do que duas impressões de um lado só do papel. Dessa forma, você também vai cortar suas contas de papel, usando ambos os lados de cada página.
E já que você está nisso, pense também sobre a maneira como você imprime seus documentos, para fazer o uso mais eficiente das páginas. Aprenda um pouco mais e tire proveito do uso correto de tecnologias inteligentes que ajudam a imprimir somente o conteúdo de web sites e outras fontes de forma eficiente, imprimindo somente o conteúdo que lhe interessa, pois até mesmo a saída de folhas em branco ou com quase nenhum conteúdo obviamente gasta energia.
Pense também sobre o fluxo de trabalho digital, e identifique maneiras em que você possa evitar imprimir cópias de documentos que não são necessários.

 

Fontes:

Portal Terra: https://tecnologia.terra.com.br/impressoras-verdes-apostam-em-menos-uso-de-energia-e-papel,fad84dbea5bda310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
Portal ItPro: http://www.itproportal.com/2010/10/19/five-power-saving-printer-tips/