Aprenda as diferenças entre fios e cabos elétricos e nunca mais erre na escolha dos produtos para a sua obra

Cada cabo possui características e particularidades que vão atender necessidades específicas do seu projeto

 

Os fios e cabos elétricos são componentes essenciais em instalações elétricas residenciais e comerciais, ficando responsáveis por garantir o correto funcionamento do circuito elétrico da sua obra. Utilizar os materiais corretos, além de ser uma exigência legal, é um fator importante na questão da segurança. Nem sempre a equipe envolvida no projeto consegue ter uma visão clara da funcionalidade de cada modelo, e isso pode colocar todo o trabalho em risco.

 

Quais as diferenças entre fios e cabos elétricos?

 

Por serem produtos versáteis, os fios e cabos elétricos acabam se encaixando em diversas fases de uma obra. Atualmente a demanda por cabos elétricos é muito maior devido à sua praticidade e segurança. O fio elétrico é composto por apenas um condutor metálico rígido, que poderia facilmente se partir no caso de um grande esforço na hora da instalação da rede elétrica ou do projeto de iluminação.

 

Os cabos elétricos são compostos por diversos condutores metálicos flexíveis, garantindo assim maior robustez para as suas atividades. Eles parecem completamente iguais para quem está olhando de fora, porém é importante contar com a opinião de um especialista na hora de escolher os fios e cabos elétricos que irão compor a sua instalação para evitar retrabalhos.

 

Escolhendo os produtos corretos para a sua obra

 

1 – Fio sólido

 

O fio sólido é muito utilizado em instalações que não exigem muita complexidade, como tomadas ou chuveiros. Por contar com apenas um condutor no seu interior, é necessário manusear esse tipo de fio com muito cuidado na hora de fazer a instalação. Qualquer descuido pode significar o recomeço do seu trabalho!

 

2 – Cabo rígido

 

Os cabos rígidos são compostos por diversos fios de cobre que se entrelaçam para garantir maior firmeza. Você consegue até dobrar os cabos e não vai precisar se preocupar com possíveis rupturas. Essa é uma opção muito eficiente para facilitar o trabalho da sua equipe.

 

3 – Cabo flexível

 

O cabo flexível também é composto por vários fios de cobre, mas nesse caso eles são ainda mais finos para garantir maior flexibilidade na hora do manuseio. Se você vai fazer uma instalação que possui muitas curvas ou pontos distintos, esse tipo de cabo é o mais adequado para o serviço.

 

4 – Fio telefônico

 

Imprescindível em instalações comerciais ou residenciais, o cabo telefônico possui grande versatilidade de utilização. Com ele você poderá elaborar projetos de PABX, ligações centrais na portaria de condomínios e distribuição de ramais. Lembre-se de escolher fios e cabos elétricos certificados para não passar nenhum tipo de estresse ao longo da obra!

Gladiston Moretti

Diretor de vendas e sócio-proprietário da Rimo Elétrica. Possui mais de 29 anos de experiência em materiais elétricos e iluminação. É especialista em soluções em LED para o mercado corporativo.